Ipojuca comemora 170 anos de emancipação política dia 30

  • Categoria: Ipojuca

Convento de Santo Antônio - Ipojuca-Sede - Foto: Rodrigo Cavalcante/Prefeitura do Ipojuca

A data será comemorada sem agenda festiva, mas com inaugurações de obras nas áreas de educação e infraestrutura. Às 5h, ocorre a alvorada com queima de fogos em todo município. A partir das 7h, ocorre o hasteamento da bandeira na sede do Governo Municipal. Às 8h30, o prefeito Carlos Santana reinaugura a Biblioteca Municipal Joaquim Nabuco, que foi totalmente requalificada. A requalificação da Escola Municipal Nossa Senhora do Lourdes, localizada na Usina Ipojuca, ocorrerá às 11h. Já às 16h, o gestor ipojucano entrega aos moradores da comunidade da Vila Califórnia obras de urbanização, que inclui pavimentação de ruas, construção de uma praça e quadra poliesportiva.
História – O município do Ipojuca fica na Região Metropolitana, distante 49km da capital de Pernambuco, Recife. Desmembrado do Cabo de Santo Agostinho, foi alçado à vila em 30 de março de 1846, com o nome de Nossa Senhora do Ó, e à condição de cidade com a denominação de Ipojuca em 06 de junho de 1896. Recebeu esse nome por estar inserido nos domínios da bacia hidrográfica do rio Ipojuca, além do rio Sirinhaém e do Grupo de Bacias de Pequenos Rios Litorâneos. Em divisão territorial datada de 01 de janeiro de 1979, o município foi constituído de três distritos: Ipojuca, Camela e Nossa Senhora do Ó. Com uma área de 527,107km² e população de 80.637 habitantes, segundo o IBGE, Ipojuca ainda conta com os povoados de Muro Alto, Porto de Galinhas, Cupe, Maracaípe, Serrambi e Toquinho, e bairros como Rurópolis, São Miguel e os engenhos.