Shineray é a terceira no total de emplacamentos no país

Montadora Shineray no Complexo Industrial de Suape, no Cabo de Santo Agostinho. Foto: Divulgação

Shineray assume terceira posição no total de emplacamentos de veículos de duas rodas no Brasil
De acordo com os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), o segmento de duas Rodas apresentou alta de 18,34% entre os meses de outubro e novembro de 2015 apesar de uma queda no acumulado dos últimos doze meses ou até mesmo em se comprando o período de novembro de 2014 e 2015. E o item responsável pelo crescimento são os ciclomotores da marca, que apresentaram 449% de aumento de registros entre os dois meses (1.067 em outubro contra 5.858 unidades emplacadas no mês subsequente).
Credita-se a isso a obrigatoriedade de emplacamento das chamadas cinquentinhas a partir da implantação da Lei 16.154/2015, que repassou aos estados a responsabilidade do licenciamento e registro dos produtos. No levantamento da Fenabrave, liberado nesta terça (1 de dezembro), a fábrica pernambucana Shineray assumiu a terceira posição no total de emplacamentos no segmento de duas rodas n país, com uma fatia de 6,51% no total de registros em novembro de 2015.
A Shineray do Brasil - Desde 2005, quando chegou ao Brasil, a marca Shineray trouxe um novo cenário para o segmento de duas rodas, oferecendo produtos a preços acessíveis e de qualidade. Consolidada no mercado nacional Duas Rodas, a Shineray inaugurou em junho sua primeira montadora fora do país de origem, instalada no Complexo industrial de Suape. A planta industrial é a primeira do Brasil a fabricar motos fora da Zona Franca de Manaus. Em uma área de aproximadamente 210 mil m², a montadora recebeu investimentos de R$ 130 milhões e a unidade terá uma capacidade de produção total de 250 mil unidades por ano com emprego de 250 profissionais.
Os números completos da Fenabrave estão disponíveis em http://tinyurl.com/q8hex4x