Betinho Gomes será membro-titular da CPI do BNDES


O deputado federal Betinho Gomes (PSDB) foi indicado pelo líder do seu partido membro-titular da CPI do BNDES, que será instalada na Câmara Federal no início de agosto. O congressista recebeu, dia20, o comunicado oficial do líder tucano na Casa, o deputado Carlos Sampaio (SP).
Criada dia17 de julho, a comissão vai dedicar suas atividades para aprofundar as investigações sobre os empréstimos “secretos” concedidos pelo BNDES, particularmente em âmbito internacional, a países como Cuba e Angola, classificados como contratos sigilosos pelo governo federal no período de 2003 a 2015. Condição, essa, que só permite o acesso ao teor dos mesmos em 2027.
A CPI também tem o seu foco direcionado a apurar a empresas investigadas pela Operação Lava Jato, as quais seriam de fachada, assim como operações de crédito em favor de determinadas empresas do setor privado.
“O governo da presidente Dilma desarticulou a CPI no Senado, mas não obteve êxito na Câmara. Agora, nós vamos investigar essa caixa-preta que o governo federal não mede esforços para esconder”, declara o deputado Betinho Gomes, ressaltando que, assim como a Petrobras, o BNDES foi usado de forma escandalosa pelos governos do PT.