Agências bancárias de Goiana devem respeitar tempo máximo de espera na fila

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou neste dia 13 de julho às agências bancárias do município de Goiana que adotem, no prazo máximo de 30 dias, todas as medidas necessárias que garantam que o tempo máximo de espera nas filas de atendimento nas agências obedeça aos termos fixados na Lei Estadual nº 12.264/2002, ou seja, a espera de até 15 minutos em dias normais e até 30 minutos em dias atípicos, como véspera de feriados.
O MPPE recomenda também o mesmo prazo para que as agências supram a carência de atendentes para os dias e horários de maior movimento, aumentando, se necessário, o número de guichês de atendimento, ou mesmo a instalação de novas agências na cidade, a fim de atender às exigências legais.
Além dos bancos, o promotor de Justiça Fabiano Saraiva recomendou ao Procon do município, conforme suas atribuições, que fiscalize as agências de maneira efetiva quanto ao cumprimento da legislação sobre o tempo máximo de espera em filas de atendimento.
O Procon e as agências bancárias tem o prazo de 10 dias para informar à Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania com atribuição na Promoção e Defesa dos Direitos do Consumidor sobre o acatamento ou não da recomendação, apresentando as razões formais.

Fábrica da Schin em Igarassu ampliada

Foto: Wagner Ramos/SEI
A ampliação da fábrica da Brasil Kirin em Igarassu, inaugurada nesta segunda-feira (13), reforçou o polo de bebidas do Litoral Norte. Durante o ato, o governador Paulo Câmara enfatizou que Pernambuco está preparado para receber mais investimentos estruturadores e que no seu governo o Estado continuará sendo conduzido de maneira a atrair novos empreendimentos do tipo.
A empresa é responsável pela fabricação das marcas Schin, Nova Schin, Schin no Grau, Devassa, Baden Baden, Eisenbahn, Kirin Ichiban, Cintra, Glacial, Água Schin, Fibz, Ecco!, Schin Refrigerantes, Schin Tônica, Itubaína, Mini Schin, Fruthos e Skinka. As cervejas, refrigerantes, sucos e energéticos estão presentes em mais de 600 mil pontos de venda em todo o Brasil.

Já está on line a edição de junho/2015 do jornal Grande Litoral

Clique na imagem e leia a edição inteira do jornal Grande Litoral de Junho/2015. Além dos destaques acima, veja também a programação completa do São João de São José da Coroa Grande, a vitória do Barreiros FC sobre o Santa Cruz, a confirmação da pré-candidatura de Beto do Abreu à Prefeitura de São José da Coroa Grande e outras notícias de interesse da população do Litoral Sul de Pernambuco. Boa leitura e não deixe de curtir nossa página no facebook:

https://www.facebook.com/JGLitoral

Bispo de Palmares recebe título de Cidadão Pernambucano

Foto: Jorge Gomes

O bispo diocesano de Palmares, Dom Henrique Soares da Costa, recebeu da Assembleia Legislativa o Título de Cidadão de Pernambuco, dia 19 de maio. Nascido no Estado de Alagoas, Dom Henrique foi nomeado pelo bispo da diocese que abarca a região da Mata Sul, em março do ano passado.
“Em pouco tempo, Dom Henrique imprimiu uma marca de militância combativa e sensível aos problemas da comunidade”, explicou o deputado que propôs a solenidade, Clodoaldo Magalhães (PSB). O deputado Tony Gel (PMDB) presidiu a cerimônia, que também contou com as presenças dos deputados Henrique Queiroz (PR), Diogo Moraes (PSB) e Aluísio Lessa (PSB).
Para o bispo Dom Henrique, a homenagem é um incentivo para estar cada vez mais presente na vida do povo da Mata Sul. “Interpreto minha missão não só como guiar religiosamente as pessoas, mas também ajudar nas discussões dos grandes problemas da sociedade”, declarou.

90 milhões para obras da Barragem Serro Azul. Mas sem data de conclusão

A barragem de Serro Azul, entre Palmares e Bonito, há mais de quatro anos em obras, recebe novo aporte e finalmente é citada pelo governo do e3stado, em silêncio sovbre o assunto há praticamente um ano. Projetada como solução para as enchentes no Litoral Sul e Mata Sul (junto com outras barragens menores),  tem 80% das obras concluídas, segundo o governo do estado. Mas este percentual não garante em nada a segurança das populações ribeirinhas de uma dezena de cidades que são afetadas cada vez que as chuvas estrapolam a média e provocam enchentes.
O governo do estado divulgou, dia 30 de abril, que destinará 90 milhões de reais dos cofres do estado para dar mais agilidade à obra, que além de lenta, recebe críticas de vários setores.
Segundo a assessoria de imprensa do governo do estado, “O novo fôlego nas obras fará com que a barragem também esteja preparada para qualquer eventualidade no período de chuvas que se aproxima.
Uma comitiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC) vistoriou dia 24 de abril as obras das barragens de Serro Azul e de Igarapeba, em São Benedito do Sul. As obras da última estão 30% concluídas. Destinada à contenção de enchentes e também ao abastecimento da região, Igarapeba terá capacidade para armazenar 68 milhões de m³, protegendo de enchentes todos os municípios da bacia do Rio Piranji, como Jaqueira e Catende, e reduzindo o volume de contribuição afluente ao Rio Una, o que significa aumentar a proteção de Palmares, Água Preta e Barreiros. O investimento é de R$ 139 milhões.
Porém, o governo do estado mais uma vez não forneceu nenhum cronograma das obras nem das últimas desapropriações que permitiriam o avanço total das obras.
Vale salientar que mesmo com dinheiro, as chuvas na Mata Sul já começaram, e obras deste porte com chuvas são sempre complicadas. Não se sabe quando será finalizada a barragem Serro Azul (nem as outras que fazem parte do sistema de contenção), mas uma coisa é certa; neste inverno de 2015 estaremos todos ainda à merce das chuvas.